fbpx

2ª geração de testes ATP vs. 1ª geração de testes: o que mudou?

Os testes tradicionais de ATP fornecem a indicação necessária de aprovação / reprovação para aplicações de higiene de superfície. A tecnologia ATP de 2ª geração da LuminUltra vai muito além dos produtos da 1ª geração, através de maior sensibilidade e precisão, fornecendo uma medição totalmente quantitativa e para qualquer amostra de água, Diesel ou efluentes.

Todas as células vivas contêm ATP, independentemente de serem bactérias, fungos ou qualquer outro tipo de microrganismo. Como tal, a sua medição é uma indicação direta do conteúdo microbiológico da sua amostra. Os resultados de concentração de microrganismos são obtidos em minutos e fornecem recursos aprimorados de monitorização, para um controlo superior de microrganismos no seu processo.

Amostra quantitativa

Embora os dispositivos tipo “caneta” para medição de ATP sejam o formato mais comum devido à sua portabilidade e conveniência, a LuminUltra decidiu desviar-se deste formato para se concentrar na precisão e não na simplificação excessiva. Os dispositivos de caneta – sejam zaragatoas ou bastões com nervuras – fornecem uma incorporação imprecisa da amostra no teste. Flocos microbianos, aglomerados, massas de fungos e filamentos podem ser excluídos da água captada por varetas ou swabs e também pode acontecer, estes swabs captarem “aglomerados” de biomassa que distorcem o resultado do teste.

Além disso, as varetas o volume de amostra neste tipo de teste é muito baixo, cerca de 50 µl de uma amostra de fluido. Este pequeno volume de amostra não fornece uma representação verdadeira de toda a amostra. A LuminUltra desenvolveu os seus protocolos para garantir uma amostragem precisa, seja 1mL, 10mL, 100mL ou mais, dependendo do protocolo usado.

Extração completa

O kit para amostras de água Quench-Gone (QGA) da LuminUltra, foi concebido para amostras com baixo conteúdo de sólidos e utiliza um protocolo de filtração para concentrar os microrganismos, removendo inibidores e o ATP extracelular. Os microrganismos retidos na membrana do filtro sofrem depois um processo de lise e o ATP intracelular é recuperado. Outras soluções usam reagentes de extração que não são fortes o suficiente para lisar todas as células, resultando apenas numa recuperação parcial de ATP. O agende de Lise da LuminUltra garante assim uma extração de ATP intracelular superior a 95%.

Resistência a interferências

Os testes de ATP tradicionais, de 1ª geração, são adaptações de outros produtos de teste de ATP utilizados em aplicações de alimentos e higiene de superfícies, por isso muitas vezes os resultados são distorcidos por interferências. A LuminUltra reinventou o conceito de forma a que a medição esteja livre de interferências, e como tal livre para o uso em qualquer aplicação com fluidos.

Quantificação

Todos os testes de ATP de última geração vêm com um padrão ATP (Ultracheck 1) que converte a ULR em concentrações de ATP e subsequentemente em aproximações das contagens microbiológicas. Este facto não só coloca os resultados numa base de compreensão mais simples, mas também explica a qualidade do equipamento e sobretudo a atividade da enzima.

Em qualquer tipo de teste de ATP, a enzima vai perdendo atividade ao longo do tempo, e é fundamental realizar uma calibração antes de uma bateria de testes, para levar em conta a atividade da enzima na altura.

Mais importante do que saber qual o limite de deteção do equipamento, será sim, saber como realizar um padrão de resultados de acordo com a atividade da enzima, uma vez que o limite de deteção varia com a atividade da enzima.

Um padrão de resultados das ULR permite que os testes de ATP de última geração possam ser usados com qualquer equipamento que tenha um tubo fotomultiplicador.

Compensação de células mortas

Os testes de ATP de última geração podem isolar microrganismos vivos dos mortos. Outros testes de teste de 1ª geração,  geralmente não fazem esta diferenciação, e em casos raros, exigem dois testes separados, aumentando o custo por amostra.

Protocolos de análise para aplicações específicas

A linha de última geração de kits de teste ATP inclui kits projetados para tipos específicos de amostras, em vez de uma solução “tamanho único”. Assim, garante-se um processamento de amostras de acordo com suas características específicas e exclusivas para garantir resultados mais precisos.

A solução de teste ATP de 2ª geração oferece maior sensibilidade e maior precisão quando comparada a outro tipo de testes de ATP.

Na gestão da água por exemplo, as limitações de sensibilidade dos testes de 1ª geração não revelariam situações problemáticas até que o sistema se tornasse totalmente contaminado.

A solução de teste ATP de última geração da LuminUltra fornece informações superiores, permitindo assim uma melhor qualidade de operação e minimizando o risco de instabilidade do sistema, falha de equipamento ou impactos na saúde humana.