fbpx
MONITORIZAÇÃO MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA

LUMINULTRA ATP® de 2ª geração

2ª Geração ATP® – A sua primeira linha de defesa

A monitorização ATP® de 2ª Geração oferece uma combinação poderosa de rapidez, versatilidade, portabilidade e precisão para testes microbiológicos na água, incluindo análises de Legionella. Todas as células vivas contêm ATP, independentemente de serem bactérias, fungos ou qualquer outro tipo de micróbio. Como tal, a sua medição é uma indicação direta do conteúdo microbiológico da sua amostra. A obtenção de resultados completos em poucos minutos fornecem recursos muito importantes para um maior controlo microbiológico.
Onde há água, há risco de contaminação microbiológica. Quando esse risco não é monitorizado, a contaminação pode manifestar-se e criar grandes problemas, incluindo riscos para a saúde pública (como por exemplo, surtos de Legionella), falhas de equipamento e degradação de infra-estruturas. O equipamento LuminUltra ATP® de 2ª Geração é uma tecnologia de análise microbiológica de baixo custo, fácil de usar, rápida, confiável e produz resultados em apenas alguns minutos. Tem múltiplas aplicações no sector da água, bem como, em todas as indústrias que usam recursos à base de água ou outros fluidos no seu processo.

2-geracao-vs-contagem-de-placas

Os métodos tradicionais baseados em meios de cultura são muito morosos (alguns dias para obter resultados) e muito seletivos (menos de 1% da população total é que é detectada). O equipamento ATP® de 2ª Geração mede todas as células para garantir que nenhuma ameaça passe despercebida e os resultados ficam disponíveis imediatamente.

2-geracao-vs-1-geracao-atp

Os testes tradicionais de ATP fornecem a indicação necessária de aprovação / reprovação para aplicações de higiene de superfície. A tecnologia ATP de 2ª geração da LuminUltra vai muito além dos produtos da 1ª geração, pois através de maior sensibilidade e precisão, fornece a medição totalmente quantitativa, necessária para qualquer amostra de água ou efluentes.

Dependendo da aplicação, as medições de sólidos suspensos (incluindo as contagens de turbidez e partículas) podem ser usadas para indicar a carga geral em águas residuais ou talvez intrusão de sedimentos (água), mas não isolam o conteúdo microbiológico. Como tal, não são formas eficazes de investigar questões microbiológicas e podem, por vezes, ser enganadoras. A monitoração ATP de 2ª geração quantifica o conteúdo biológico dessas amostras, permitindo que a questão seja caracterizada e otimizada de forma muito mais eficaz.

Quais os Benefícios?

A solução de teste LuminUltra ATP® de 2ª Geração mede todos os microorganismos, garantido assim que nenhuma ameaça passe despercebida. Com resultados disponíveis no momento, em apenas alguns minutos (10min), é possível a equipa técnica de gestão/manutenção da infra-estrutura realizar uma monitorização microbiológica rápida e eficaz, e, criar estratégias de controlo e defesa de 1ª linha.

1

Avaliar o nível de ameaça microbiológico total em qualquer fluido ou superfície.

2

Otimização das soluções a tomar em campo.

3

Mais rápida e melhor informação disponível no local permite economia de tempo, dinheiro e água!

equipamento-monitorizacao-microbiologica-luminometro-wase-pt
software-monitorizacao-microbiologica-luminometro-wase-pt-cadastro-microbiologico

AS SOLUÇÕES DA LUMINULTRA FORNECEM-LHE RESULTADOS IMEDIATOS, EM MINUTOS, INFORMAÇÕES QUE PERMITEM TOMAR MEDIDAS PROACTIVAS PARA RESOLVER ANTECIPADAMENTE PROBLEMAS MICROBIOLÓGICOS, ANTES QUE FIQUEM FORA DE CONTROLO!

RAPIDEZ

SIMPLICIDADE

FIABILIDADE

PRECISÃO

LABORATORIO-PORTATIL-LUMINOMETRO-ATP-2-GERACAO-WASE-PT
LuminUltra-QGA-ATP-2-GERACAO-WASE-PT

Áreas de Atuação

De kits de teste a soluções totais:
As soluções da LuminUltra combinam os revolucionários métodos de teste ATP® de 2ª Geração com equipamento robusto, portátil e software de aplicação directa com décadas de experiência. Isso permite-nos fornecer uma solução exclusiva adaptada à sua aplicação e dar uma resposta precisa à questão mais importante: “terei os microrganismos sob controlo?”

Tratamento e abastecimento de água para consumo humano (entidades públicas e privadas).

Os biofilmes formam uma barreira que consome desinfectantes e que protege a comunidade microbiológica. Isto significa um aumento significativo do risco de proliferação microbiológica. Em sistemas clorizados, as bactérias nitrificantes representam um desafio ainda maior, porque não podem ser cultivadas usando métodos tradicionais de contagem de placas. Nestes casos, devido ao seu feedback rápido, a medição total e portabilidade, a monitorização ATP de 2ª Geração é a ferramenta adequada quando comparada com os métodos de testes tradicionais.

Para realização de actividades de controlo em campo, os técnicos dispõem de muitas ferramentas, mas os testes microbiológicos em campo nunca foram, até agora, uma realidade. Os testes ATP de 2ª Geração permitem que os técnicos avaliem em campo a qualidade microbiológica da água durante as atividades de lavagem e manutenção, de modo a saberem as necessidades de atenção adicional ou de limpeza de condutas (Link para o Hydrogel). Tal não só reduz o desperdício de água, mas também optimiza as operações, o que leva a uma redução efectiva de custos.

A monitorização microbiológica pode ser usada para avaliar o potencial de tratamento dos filtros. Pode também ser usada para otimizar a eficácia da filtração por membranas. Avaliando em minutos a permeabilidade e a incrustação microbiológica, comparando fluxos de alimentação, permeabilidade e rejeição. Os cronogramas de manutenção podem ser ajustados, maximizando assim a eficácia do tratamento, bem como a vida útil dos módulos do filtro.

Lidar com a proliferação de algas pode ser um grande desafio. O primeiro passo a dar é arranjar uma solução eficaz de monitorização. A monitorização microbiológica ATP2G da água na fonte permite aos utilizadores terem um alerta precoce de surgimento de algas. Com os resultados disponíveis em minutos a acção correctiva pode ser realizada com muito mais rapidez do que seria possível se usasse o teste tradicional.

ETARs: Estações de Tratamento de Águas Residuais (municipais e industriais).

Sem avaliação da quantidade e da qualidade da biomassa não é possível conhecer os impactos de toxicidade. Geralmente estes impactos são conhecidos muito tarde, na perda de qualidade do efluente.
O kit de teste QG21W da LuminUltra revela imediatamente o início da toxicidade permitindo rapidamente identificar e mitigar a sua fonte.

Custos variáveis do processo como consumos de energia de arejamento podem ser reduzidos com a observação da resposta da biomassa activa através dos resultados do ATP.

O manuseamento de sólidos pode ser um dos aspectos mais caros do tratamento de águas residuais e, sem saber quanto dos sólidos armazenados está realmente vivo, torna-se difícil estabelecer a quantidade ideal de controlo efectivo, de modo a evitar o preenchimento excessivo do bio-reactor. Através da avaliação da taxa de biomassa ativa, pode-se determinar a percentagem de sólidos vivos em minutos e assim orientar o processo de optimização do sistema de redução dos sólidos, mantendo a biomassa ativa suficiente.

Torres de Arrefecimento

Os mecanismos de corrosão nem sempre são bem compreendidos, mas é inegável o seu significativo contributo para o crescimento de microrganismos. O crescimento elevado dentro do equipamento resulta inevitavelmente na formação de biofilme. A comunidade de microrganismos estabelecida no biofilme degrada o equipamento. Um rigoroso programa de controlo, apoiado por ferramentas eficazes de monitorização, como o ATP de 2ª Geração, permite um melhor e mais eficaz controlo de forma a evitar a formação de biofilmes e reduzir o risco de corrosão.

O crescimento de comunidades de microrganismos em sistemas de arrefecimento origina a formação de biofilmes que podem representar sérios riscos para a saúde, como a doença do legionário. Cada vez é mais comum realizar o teste de Legionella em sistemas de arrefecimento industriais e residenciais, mas os testes positivos de Legionella só revelam o problema depois deste ocorrer. Uma abordagem mais proativa é usar uma monitorização microbiológica rápida de avaliação de risco, que permita agir rapidamente sempre que se verifique um aumento acima dos níveis seguros de crescimento microbiológico.
Usar a monitorização ATP2G para manter o crescimento microbiológico num nível baixo mitiga preventivamente a formação de biofilme e a ameaça da proliferação de Legionella.

A monitorização ineficiente em sistemas de arrefecimento de água, geralmente resulta em formação de biofilme, o que é difícil de remover. A formação de biofilme normalmente resulta em tratamentos químicos para o destruir, o que pode sair muito mais caro do que fazer um programa de controlo inicial eficaz. Rápidas e melhores informações podem levar a um melhor controlo!
Os resultados rápidos e confiáveis da monitorização LuminUltra podem evitar a necessidade de frequentes limpezas químicas e garantir que as estratégias de manutenção de rotina sejam eficazes e suficientes.

Os métodos de testes microbiológicos tradicionais para a águas de arrefecimento, tendem a consumir muito tempo de espera até à obtenção de resultados. Podem não ser eficazes para quantificar o risco. Em vez de gastar vários dias para adquirir dados que são essenciais para manter a integridade do sistema, com os testes LuminUltra temos um feedback rápido que permite orientar as atividades de mitigação no momento e no local.

Fluídos de Processo Industrial

Seja para testes de produtos finais ou análises de águas de lavagem, de enxaguamento ou de reciclagem do processo industrial, os testes de ATP de 2ª geração podem servir como a 1ª linha de avaliação e de defesa microbiológica, garantindo a eficácia dos programas de controlo. Testes de monitorização rápida aplicados em pontos críticos de controlo, permitem a mitigação imediata em caso de ocorrência de eventos de contaminação.

A escolha e a dosagem de biocidas podem depender de muitos fatores e realizar estudos para otimizar essas variáveis pode ser muito demorado devido ao feedback lento dos testes de cultura. Além disso, os testes de cultura tendem a fornecer uma indicação pouco conservadora da eficácia do biocida, uma vez que as células vivas não cultiváveis e/ou inativas e que podem mais tarde vir a tornar-se activas, não são quantificadas nestes testes. Os testes de ATP2G fornecem uma indicação mais conservadora da eficácia do biocida, visto que detetam todas as células vivas (e não cultiváveis), e, fazem-no em minutos em vez de dias.

Muitos problemas de odores em produtos químicos estão ligados ao crescimento microbiológico no seu interior. Este tipo de problema provavelmente teve origem muito antes da perceptividade do odor. Isole e mitigue estes problemas muito mais cedo, por meio de testes microbiológicos rápidos.

Os mecanismos de corrosão nem sempre são bem compreendidos, mas é inegável o seu significativo contributo para o crescimento de microrganismos. O crescimento elevado dentro do equipamento resulta inevitavelmente na formação de biofilme. A comunidade de microrganismos estabelecida no biofilme degrada o equipamento. Um rigoroso programa de controlo, apoiado por ferramentas eficazes de monitorização, como o ATP de 2ª Geração, permite um melhor e mais eficaz controlo de forma a evitar a formação de biofilmes e reduzir o risco de corrosão.

Outras Aplicações

Temos a solução certa para si!