fbpx

DETEÇÃO DE FUGAS E INFILTRAÇÕES

Sobre este projeto

caso-de-estudo-Detecao-infiltracoes-e-fugas-num-condominioServiço: Deteção acústica de fugas, avaliação termográfica e inspecção vídeo de esgoto

Resumo do serviço: Foram realizadas no dia 21/04/2017 e na madrugada de 27/04/2017 as inspecções termográfica e vídeo CCTV à laje do piso e à rede de esgoto num ginásio localizado num condomínio em Lisboa

Desafio: Identificação da proveniência de uma infiltração

Solução: A deslocação inicial da WASE ao local foi com o objectivo de detectar uma suspeita fuga de água numa canalização na rede predial. Um dos métodos mais rápidos e de fácil aplicação é o método de sondagem acústica directa, através de um equipamento dotado de um amplificador de som e filtro de ruído. A posição da fuga corresponde ao ponto onde o som é captado com maior intensidade. A WASE utilizou para o efeito o geofone Xmic. Não é um método linear pois outros sons podem interferir com o som da fuga,  é necessário saber por onde passa a conduta e é necessário que a conduta esteja pressurizada. Após avaliação do nosso técnico chegou-se à conclusão que a perda de água não viria de uma conduta interior e que poderia ser proveniente do esgoto.

Foi assim decidido realizar-se o trabalho de inspecção termográfica consistiu na recolha de dados termográficos na zona inferior da laje do piso do balneário do ginásio, de modo a determinar a existência de infiltrações e humidade. As medições foram realizadas no local por intermédio de uma câmara termográfica, tendo sido recolhidas imagens de infravermelhos – termogramas.

O trabalho de vídeo CCTV permitiu a inspecção visual do interior com registo vídeo e fotográfico da tubagem de descarga/ligação das caleiras aos sifões dos chuveiros dos balneários masculinos/femininos e dos tubos de queda de ligação ao piso inferior, existentes nas instalações do ginásio. Este trabalho teve como objetivo avaliar o estado estrutural e operacional dos troços inspecionados.

Resultados: O relatório termográfico confirmou que a tubagem de onde viria a infiltração seria da zona dos duches do ginásio e que os pontos de recolha dos esgotos no piso superior apresentavam algumas anomalias que levariam à presença de infiltrações. A inspeção vídeo confirmou que em troços específicos do esgoto existiam anomalias estruturais e operacionais relevantes. Foi detectado o local de onde vinha a infiltração e recomendado que fosse efectuada uma reabilitação urgente ou uma substituição integral das tubagens existentes.